sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Consciência Ambiental ou Descaso ?

Consciência Ambiental ou Descaso

Tenho circulado diariamente pelas ruas do meu bairro e cidade e reparado em como a falta de informação ou mesmo descaso, ou ainda, quem sabe, na pior das hipóteses, de forma planejada conscientemente, a falta de ações corretas afetam diretamente nossas vidas.
Nossa cidade tem crescido bastante nos últimos anos, com belas casas, novos comércios, algumas indústrias, muitos prestadores de serviços, enfim, toda gama de empreendimentos que mostram o desenvolvimento do local onde moramos. Só estamos fechando os olhos para como esse desenvolvimento está nos afetando, direta ou indiretamente.
Caminhando por nossas ruas reparei por diversas vezes a abertura de valas e valetas para a passagem de tubulações de esgotos a serem ligados na rede pública.
Qual rede pública? Não temos sistemas de coletas de esgotos. Sim, isso mesmo: ligações clandestinas feitas na rede de águas pluviais (da chuva), muitas vezes realizadas nos finais de semana, pois sabe-se que nestes dias não há vigilância. Coincidência ou má fé? Vez dessa eu mesmo fiz denúncia dessa prática abominável, exatamente no instante em que estava ocorrendo, ao órgão competente de nossa cidade, vindo inclusive a falar pessoalmente com o responsável do mesmo e mais tarde reiterei o pedido fazendo uma denúncia formal por escrito. Resultado: passou-se mais de uma semana e nada foi feito.
Fico pensando o porquê desse completo descaso com o ambiente no qual vivemos, pois esses crimes afetam a todos inclusive o autor praticante, que, com certeza, reclama da coleta de lixo ineficiente, das praias sujas, da falta de varrição das ruas pela prefeitura, entretanto ele é o maior responsável pela poluição, pois simplesmente esconde, enterrando a prova de seu crime ambiental além de danificar as vias públicas.
Recentemente a Associação do bairro onde moro vez uma exemplar ação de limpeza e conscientização da população no trato com o lixo, inclusive vindo a uma inédita limpeza do rio do bairro. Lá se constatou a enorme quantidade de “ligações” clandestinas de despejo de esgoto neste mesmo rio. Despeja-se o esgoto no rio achando que ele vai embora para longe. Além de matar o rio, o mau cheiro insuportável, tudo que nele se joga vai até a praia e ali fica para ser “aproveitado” pelos frequentadores.
A irresponsabilidade com nosso meio ambiente cobra preços muito altos e não adianta ficar reclamando e cobrando de autoridades se cada um não faz sua parte no trato com suas necessidades de forma ecologicamente corretas. A ignorância e má fé estão tornando nosso bairro e cidade antes limpos e agradáveis num grande lixão, sujo e fedido.
Enquanto nossas autoridades ambientais fecham os olhos a estes problemas não punindo exemplarmente os infratores, muitos se acham inatingíveis produzindo cada vez mais estes péssimos exemplos de ações criminosas e com total desrespeito ao local e população onde vive. A falta de educação, envolvimento e comprometimento com a questão ecológica e ambiental está a produzir danos irreparáveis e, infelizmente, a qualidade de vida que tanto queremos está cada vez mais longe. Quando será que você, nós, vamos descobrir que fazendo o correto todos ganharemos com isso? Chega de mau trato e descaso com nosso município, país e planeta, seja consciente e faça a sua parte não poluindo rios, mares, ruas e ar. Você viverá melhor e o planeta agradece!

Texto: Marcos A. Junghans

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos a participação de todos com comentários que sempre bem-vindos desde que em terminologia ética e adequada.