quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Itajuba Limpa Sempre Linda

Durante o último mês de agosto e setembro a ACDI desenvolveu o Projeto Itajuba Limpa Sempre Linda, sob a coordenação do casal Marilise e Valfredo que, de forma exemplar, conduziram a empreitada convidando e envolvendo toda a comunidade de Itajuba e Barra Velha. No último sábado dia 17 culminou o projeto com uma grande ação integrada de limpeza do Rio Itajuba sob a coordenação do Oziel de Souza e sua equipe, que, numa ação inédita na nossa cidade, fizeram uma navegação descendo o Rio Itajuba até a sua foz, fazendo o recolhimento de todo o lixo das margens, presos nos galhos das árvores ribeirinhas e também do leito.
                                                          Equipe de Limpeza do Rio Itajuba-Canoagem

Dentro do leito do rio foram encontradas as coisas mais inexplicáveis, como: aparelhos eletrônicos, vasos sanitários e até uma máquina de lavar roupa, e infelizmente muito, mas muito lixo.










Foi flagrado o ato de moradores ribeirinhos despejando resíduos de construção civil e esgoto dentro do rio bem como inúmeras ligações irregulares que dioturnamente despejam efluentes nocivos que estão por "matar" o rio.
Urgentes medidas legais devem ser tomadas para que isso acabe, pois não é mais possível conviver e ser atingido por esgoto e lixo e não se tomar nenhuma atitude.

Também foi realizado no mesmo dia um mutirão de limpeza das praias de Itajuba, fato este que mobilizou exatos 99 voluntários.
                                                                     Equipe da Praia do Cerro

A Praia do Cerro, coordenada pelo casal Marcos e Marianne do grupo Viagemfamilia, contou com a ajuda 10 pessoas que se encarregaram de fazer a limpeza de uma área de aproximadamente 1(um) km de comprimento por 50 metros de largura entre o final da restinga e a linha d'água. Nesta praia o lixo coletado totalizou 234 kg com grande predominância de isopor e plásticos. Destaque também para o fato de muitas lâmpadas elétricas recolhidas e seringas e "cachimbos" utilizados no consumo de drogas. Este fato aponta para a constatação de que esta praia está sendo utilizada por consumidores de entorpecentes talvez determinado pela má iluminação e falta de fiscalização na orla.

                                                                                    










Muitos outros materiais também foram encontrados, como latas e embalagens em geral, pelo fato que é uma praia que possui muitos pontos comerciais na sua proximidade, evidenciando o descaso com o descarte correto do lixo.
Também foram encontrados alguns animais mortos na faixa de areia, não se constatando se morreram por ação humana ou por causas naturais, de qualquer forma, fica o registro de diversos peixes, aves e até uma
tartaruga encontrada morta.


                                                     
                                                




A Praia do Grant foi limpa pelos Bombeiros Voluntários, sob a coordenação da bombeira Marisete que, com a sua equipe, recolheu a quantidade de 113 kg de detritos com uma predominância de redes de pesca, cordas e isopor. Também foi constatado o despejo de óleo, provavelmente dos barcos de pesca que lá estão. Notou-se uma boa quantidade de roupas íntimas e preservativos entre as pedras desta praia, o que leva a constatação de que ela está sendo utilizada para encontros íntimos, talvez motivada pela pouca iluminação e fiscalização.

Na Praia de Pedras Brancas/Negras, coordenada pelo Elton Cunha, da Defesa Civil e pelo Soldado Idemar Trevisan, o seu grupo juntou a quantidade de 158 kg dos mais variados detritos e também foi a praia que registrou a maior quantidade de seringas descartáveis utilizadas no consumo de drogas evidenciando o uso da praia como ponto de reunião de grupos de consumidores de entorpecentes
                                                        Defesa Civil e Bombeiros Voluntários

Nesta praia não foi executada a limpeza de toda a extensão da mesma, pela sua grande área e relativamente pequena equipe que trabalhou bastante para dar conta do recado.

A Praia do Sol, que foi coordenada pelo Aroldo e Leandro do site PiresXicara, que junto com a sua equipe, recolheram a quantidade de 290 kg de lixo conseguindo, com isso, conquistar o triste troféu de: Praia Mais Suja. Parabéns à equipe que se esforçou e conseguiu limpar a sujeirada deixada pelos banhistas e surfistas desta praia que ainda não aprenderam a não deixar seus " rastros" provenientes na sua maioria de embalagens de alimentos, bebidas e lanches.

A conscientização dos frequentadores e sua atitude positiva em manter seu ambiente limpo é de suma importância para que estas lamentávis cenas não se repitam.

Ação de Limpeza das ruas
Junto com a limpeza das praias, foi executado um "pente fino" pela Av. Itajuba para o recolhimento de detritos e mais uma vez se constatou o descaso dos pedestres, motoristas e moradores que arremessam lixo e outros objetos nas vias públicas. Foi recolhido o montante de 168 kg de materiais diversos, com destaque a sacolas plásticas, embalagens de alimentos, placas e cartazes de propaganda de comércios, no trecho compreendido entre o Hotel Flamboyant e a divisa com o município de Piçarras. O trecho entre a Igreja Senhor Bom Jesus e Piçarras recebe destaque negativo pelo volume de 118 kg contra os 50 kg do outro trecho de quase mesmo tamanho.
              
O grupo de limpeza das ruas, coordenado pelo casal Marilise e Valfredo, contou com o apoio e escolta da Polícia Militar e também a participação da Fanfarra da Secretaria de Cultura de Barra Velha que acompanhou o grupo incentivando e chamando a atenção para a ação executada.

Destaque para o grupo de seleção e pesagem coordenada pelo Ulisses, da Plásticos Guerreiro que, com muito trabalho e bom humor junto com as outras equipes, carregaram os veículos gentilmente cedidos pela Auto Escola Flares para o transporte dos materiais para a reciclagem.

Todo o material reciclado será vendido e revertido em favor da Aapec-Barra Velha e na manutenção do projeto Itajuba Limpa Sempre Linda.



                                                  Equipe de Reciclagem com o Ulysses
                                               Carregando o caminhão ao lado do Rio Itajuba

Todos os dados estatísticos coletados durante a ação foram compilados e enviados para o Ocean Conservancy, entidade mundial que coordena as ações de limpeza de praias e oceanos, que com isso tem uma visão ampla da realidade ocorrente no nosso litoral. Para isso todas equipes preencheram planilhas padronizadas para reunir os dados de cada praia com amostragens pontuais de ocorrências e quantidades.



Separação e classificação dos resíduos
                                                        Preparação das planilhas de controle
O mutirão realizado foi de grande sucesso, pois o objetivo de limpar o Bairro de Itajuba e conscientizar seus moradores da necessidade de ter e manter bons hábitos de cidadania e organização foi atingido. Muitas manifestações de apoio da população em geral, apesar de ainda poucos se mobilizarem neste trabalho voluntário que ainda não é hábito na nossa sociedade. A esperança é que todos juntos, num futuro próximo, se juntem para o bem comum.

Um especial agradecimento a imprensa como os jornais O Correio do Litoral e Jornal do Comércio, e outros períódicos como a Revista Giro Urbano e também à Rádio Aquarela FM que sempre tem apoiado as boas iniciativas de nossa cidade e bairro.

Também os agradecimentos da ACDI à Auto Escola Flares, Guerreiro Plásticos, Panificadora Equipão, Sicoob, Pastéis do Renato e ao amigo Farofa que nos brindou, ao final, com um gostoso churrasco.

A todos que apoiaram e aprovaram a ação, juntem-se e vamos em união fazer algo que, além de trazer benefícios a todos, nos trazem a oportunidade de conhecer novos amigos e nos divertirmos.

Texto: Marcos A. Junghans
Fotos: Divulgação ACDI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos a participação de todos com comentários que sempre bem-vindos desde que em terminologia ética e adequada.