quarta-feira, 29 de junho de 2011

AGRESSÃO A PROFESSOR

Mais um fato lamentável ocorreu no dia de hoje, quarta-feira, 22/06/2011, no bairro Itajuba, em Barra Velha. Uma professora da Escola Manoel Antônio de Freitas, ao tentar separar uma briga entre dois menores, alunos do 6° ano do ensino fundamental foi agredida comum soco dentro de sala de aula.
O ocorrido foi passado a Diretora da escola e segundo ela, os pais foram convocados a escola para esclarecimentos. O fato também segundo a Diretora será encaminhado ao Conselho Tutelar do Município para as devidas providências.
Este fato não é uma ocorrência isolada, pois já é sabido que diversos professores do município já foram agredidos das mais diversas formas, seja verbal, fisicamente ou com danos a patrimônio material.
Porque a sociedade como um todo sempre defende atitudes covardes e crimes principalmente quando são causados por menores, sejam adolescentes ou ainda crianças. Todos sabemos que a impunidade nos mais tenros anos da infância irá produzir delinqüentes ou criminosos no futuro. A punição não significa o espancamento de crianças, mas sim nas suas mais diversas formas, o ensino de uma conduta ética, moral e cívica dentro dos mais rigorosos padrões!!
Enquanto alguns pais, alguns professores e mesmo algumas autoridades tem como meta o educar, ensinar e corrigir, outros tantos minimizam este gravíssimo problema que está se enraizando na nossa sociedade produzindo sérias conseqüências a todos. Chega de permissividade e apatia!!! Todos sabem a diferença entre o certo e o errado, entre o bem e o mal!!! Então que se faça algo de realmente concreto e não apenas atitudes paliativas politicamente corretas.
Não é mais suportável a situação onde professores tem medo de dar aulas, pois os alunos podem agredi-los, onde se tem medo de sair a noite freqüentada por bandos de adolescentes delinqüentes que barbarizam nas ruas e cidades. Leis já temos, infelizmente elas não são para todos.
Em tempo, a professora agredida foi a Delegacia de Polícia onde foi lavrado o devido Boletim de Ocorrência. Hoje foi um soco, e amanhã o que será? Ações devem ser tomadas urgentemente para que estes fatos não se repitam! TODOS MERECEMOS RESPEITO!!
Texto: Marcos A. Junghans(marido da professora agredida)

Um comentário:

  1. É lamentaval fatos como este acontecerem nos dias atuais, ah um bom tempo atrás, professores eram respeitados e tratados como Mestres e o rigor do ensino era soberano.
    Alunos completamente uniformizados vinham de seu respectivo lar doutrinados a obedecerem, a respeitarem. Hoje a moleza impera, talvez pelo motivo de Leis desconexas e que priorizam "marginais" dando-lhes liberdade de ação.
    Se o rigor em casa e na escola não voltar a prevalecer, em breve, muito breve com tanto assistencialismo (cesta basica, leite, pão, bolsas diversas) não daremos mais conta e o estudo não será necessário, a educação deixará de prevalecer.
    Vale lembrar que se até o Ministério da Educação lança livros pedagogicos com erros grotescos, o que esperar de crianças e jovens sem o basico da educação?

    ResponderExcluir

Agradecemos a participação de todos com comentários que sempre bem-vindos desde que em terminologia ética e adequada.