quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

REFORMAS NA ESCOLA MANOEL ANTÔNIO DE FREITAS

Ver. Douglas, Ver. Cesar, Marcos(ACDI), Diretora Leovani, Ver. Tinh e Ver. Maneca
A ACDI-Associação Comunitária de Desenvolvimento de Itajuba-está acompanhando as obras da reforma da Escola Manoel Antônio de Freitas em Itajuba, desde o início e hoje estivemos novamente no local para verificar o andamento e cronograma.
As aulas neste estabelecimento ainda não começaram,e a previsão para os alunos é no dia 05/03/2012.  Em conversa informal que mantivemos com o responsável pela empresa que executa as reformas o Sr. Thiago, ele nos informou que dentro de aproximadamente 10 dias a obra será entregue.


Conversas com o responsável pela obra Thiago.
Coincidentemente hoje quando da nossa 5ª visita, encontramos alguns vereadores de Barra Velha também visitando a obra. Todos nós manifestamos algumas dúvidas com o que vimos no local, e entre essa dúvidas a que mais gerou comentários e até críticas foi a falta de ventilação das 10(dez) novas salas de aula constridas no novo bloco.

Salas sem ventilação ou iluminação natural
Além da falta da ventilação, a falta de janelas propicia falta de iluminação natural, fato que aliado a falta de ventilação natural é bastante preocupante, pois as crianças que alí estarão estudando estarão expostas a diversos problemas. O responsável, Thiago informou que para resolver a situação da ventilação é necessário a instalação de aparelhos de ar condicionado.


Fundos das salas de aula(onde estão as janelas ?)
Nosso questionamento é o porque que deve-se gastar dinheiro público com sistemas artificiais de iluminação e ventilação se isso poderia ser resolvido com a simples implantação de janelas ?  O custo de manutenção de janelas é praticamente zero em contrapartida ao custo de instalação de ar condicionado e lâmpadas funcionando o dia inteiro.
Essa questão da ventilação já havíamos abordado quando da nossa primeira visita ao local no início das obras, e tínhamos recebido a resposta de que não era possível alterar o projeto. Fica aqui o questionamento: Não é mais fácil alterar o projeto quando ele está errado, do que ficar pagando eternamente custos de energia elétrica e manutenção ?


Outro detalhe que temos recebido como reclamação dos moradores do bairro é a falta de placas informativas da obra com os dados indicando ínício e término da mesma, responsabilidade técnica, empresa construtora e principalmente informações referentes aos custos totais. Esse detalhe é importante, pois trata-se de obra executada com recursos públicos e a população tem o direito de saber essas informações.
Ribeirão ao lado da escola sendo coberto de entulho
Ao sair da Escola, vimos que ao lado dela corre um ribeirão que é afluente do Rio Itajuba e alí constatamos que está sendo depositado entulho proveniente de construções e o mesmo está sendo empurrado para dentro do curso d'água. Muito se tem falado na grave questão das enchentes em Itajuba e Barra Velha, mas há de se ter critérios rigorosos com o descaso que está acontecendo com nossos cursos d'água. Falta bom senso de quem açoria os rios e falta fiscalização e punição por parte dos órgãos responsáveis nestas questões.


Texto e fotos:  Marcos A. Junghans

3 comentários:

  1. É inadmissível tamanho descaso com a "coisa" pública, o que presenciamos em nossa cidade, em obras ditas para o bem-comum.
    Uma escola, melhor, uma sala de aula sem janelas, várias, o que é isso, é ficção, é modernidade ou é enjaulamento do ser que adentra com o fim de ser doutrinado, com o objetivo de viver em sociedade; mas, que sociedade é essa...
    Para que sociedade estamos a educar nossos filhos. Para uma sociedade que respeita o meio ambiente, ou que ao contrário joga lixo e detritos em um córrego vizinho à própria escola que o educa. Que exemplo é esse. Um exemplo a ser seguido ou a ser recriminado.
    Outrossim, a quem cabe acatar tamanho descaso com a "coisa" pública, estamos adentrando a uma nova era. Cabe aos "políticos" e a nós "munícipes"...
    celso strada

    ResponderExcluir
  2. Minha filha vai estudar nessa escola...Eu não quero que ela fique numa sala que nao tem ventilação!!! O que é isso??? Uma vergonha para o engenheiro que projetou isso!! Porque estão esperando as aulas começarem para solucionar o problema depois??? E a vigilancia sanitária??? nao pode interditar??? Não podem deixar assim!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo(a) anônimo (a): Concordamos plenamente com você e repassamos todos problemas que verificamos para os Vereadores e Prefeitura. Vamos conversar com a Vigilância Sanitária e com a Defesa Civil também. É realmente preocupante essa situação.

      Excluir

Agradecemos a participação de todos com comentários que sempre bem-vindos desde que em terminologia ética e adequada.