terça-feira, 14 de agosto de 2012

Reunião com Prefeito de Barra Velha

FINALMENTE CONSEGUIMOS a Reunião mas ficamos frustrados.

Depois das já comentadas tentativas de falar com o prefeito de Barra Velha, finalmente no dia 9 de agosto de 2012 a diretoria da ACDI (Associação Comunitária do Desenvolvimento de Itajuba), juntamente com representantes de setores do bairro Itajuba, foi recebida por Samir Mattar.
Questionado sobre a continuidade de trabalhos no Bairro de Itajuba, iniciados ou prometidos pelo então Prefeito em exercício Claudemir Matias e sobre promessas de campanha do próprio Samir Mattar, o Prefeito respondeu que não dá para fazer mais nada, pois a Prefeitura não tem dinheiro, que ele próprio tem 10 meses de salários atrasados a receber. Respondeu também que devemos aguardar a eleição para tratar com o prefeito eleito sobre as demandas de Itajuba.
Enquanto isso Samir tentava apresentar supostos balanços que, segundo ele comprovam que quando foi afastado da Prefeitura deixou mais de 4.000.000 de reais em caixa e ao voltar, 11 meses depois, encontrou mais de 10.000.000 de reais em dívidas.
A idéia da Sub-delegacia, da sub-prefeitura e do banco em Itajuba foram sepultadas por Samir. A canalização das águas fluviais em várias ruas, a pavimentação da Av. Simas (obra prometida por Samir e Matias nas portas dos moradores da AV. Simas e adjacências), a pavimentação do morro que liga a Rua Leopoldo Guns à marginal da BR 101, a conclusão da abertura da Rua Tenente Ataliba Adur (iniciada por Matias) foram totalmente descartadas por Samir.
Foram tantas negativas de Samir, em uma reunião conturbada, que nem deu tempo para falar sobre: o péssimo estado das entradas da praia no sul da Itajuba;  a passarela do costão do Grant; o alargamento e conclusão da Via Única; ajuda financeira à ACDI, etc..
Podemos acreditar que a Prefeitura de Barra Velha realmente esteja sem dinheiro por causa de tantas contas que tem pago: a conta dos mais de 600.000 reais em pregos; a conta do médico que recebia por mais de 24 horas diárias de trabalho; do material de construção comprado em nome da prefeitura e desviado para obras particulares; a conta dos funcionários admitidos em concursos duvidosos; a conta da fixação da barra do rio Itapocú, que só consome dinheiro e nunca foi concluída. E para terminar pagou a conta também do afastamento do senhor Samir Mattar, pagando salário de 2 prefeitos só com um trabalhando, fora os desmandos que um acusa o outro de ter cometido.
Perguntando o Sr. Samir sobre a Notificação/Debito que a prefeitura (Secretaria de Desenvolvimento Urbano) mandou nos últimos dias para muitos associados da ACDI em questão das melhorias feitas em 2003 na Avenida Cirino Cabral e que na época a ACDI entrou na Justiça e o Juiz Sr. Dr. Edson suspendeu esta cobrança para todos os associados da ACDI (que eram associados em 2003), o Sr. Samir admitiu o erro desta cobrança e prometeu tirar os nomes dos associados da lista de débitos. O Sr. Samir também prometeu que todos os associados que não precisam pagar esta taxa, receberão uma carta da prefeitura sobre este erro de notificação.
A diretoria da ACDI vai fiscalizar esta promessa.
A diretoria da ACDI, representando 450 famílias associadas, declara nunca ter saído de uma reunião com o executivo municipal com tamanha frustração pelas declarações do prefeito, sugerimos ao senhor Samir que se quiser apenas deixar o tempo passar, deixe o cargo que ocupa, precisamos de um prefeito disposto a trabalhar e correr atrás do desenvolvimento do município até o último minuto do mandato, fazendo jus a tantos impostos que pagamos.
Em reunião anterior com a diretoria da ACDI, quando era prefeito em exercício, Claudemir Matias informou que havia a contratação de uma empresa para cuidar da regularização fundiária em Barra Velha a exemplo do que acontece em Piçarras. Já na época desconfiamos de tal contratação, pois obtivemos informações contraditórias da parte do Claudemir Matias, da secretaria de urbanismo e da secretaria da administração sobre o tema.
Agora Samir nos disse que não há empresa nenhuma tratando de documentação de terrenos em Barra Velha. Fica a impressão que o Sr. Matias se preocupa mais em passar a conversa nos líderes comunitários de Itajuba do que trabalhar.

Diretoria da ACDI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos a participação de todos com comentários que sempre bem-vindos desde que em terminologia ética e adequada.